Site icon Meu Redator

Atrás, traz, trás

Independente do tema sobre o qual deseja escrever, quando se trata de regras gramaticais da Língua Portuguesa sempre há dúvida. Certamente você, ao escrever um texto, já se deparou com o questionamento sobre qual forma usar:  traz, atrás, trás?  Nesse conteúdo vamos entender um pouco melhor sobre a diferença entre eles para não cair mais em armadilha:

TRAZ: Trata-se do verbo “trazer” conjugado na 3ª pessoa do modo indicativo ou na 2ª pessoa do imperativo. 

Indicativo

Eu trago
Tu trazes
Ele traz
Nós trazemos
Vós trazeis
Eles trazem

 

Imperativo

Eu –
Tu traz
Ele traga
Nós tragamos
Vós trazei
Eles tragam


Exemplos:
Fama não traz felicidade a ninguém. / Dinheiro não traz felicidade, faz parte dela!

O verbo trazer é muito usado e possui inúmeros sinônimos, como: conduzir, acompanhar, acarretar, acarrear, carrear, causar, ocasionar, produzir, provocar, transportar etc.

Exemplo: Ela transporta (traz) feijões para mim.

ATRÁS: A palavra é gramaticalmente classificada como advérbio e é utilizada, na maioria dos casos, para indicar lugar. E o que é um advérbio? Bom, advérbios são palavras que não admitem alteração em sua forma e tem como função principal modificar o verbo.

Exemplos: O caminhão tinha um adesivo atrás. / Ele se escondeu atrás da porta.

Porém, o advérbio pode, também, ser usado para indicar tempo transcorrido:

Exemplos: Iniciei o curso dois anos atrás. / Eu usei essa calça verde dez anos atrás.

TRÁS: Usada para indicar posição posterior, “trás” é classificada como preposição.  Preposições são palavras que isoladamente não possuem significado, no entanto, têm função de conectar outras palavras e atribuir coesão ao texto. Comumente, essa preposição não é utilizada sem a companhia de outras, compondo, assim, locuções como: para trás, por trás, para trás de.

Exemplos: Não deixe seu irmão para trás, garoto! / As crianças devem viajar no banco de trás.

 

 

Exercício

1- Marque a alternativa em que a palavra ‘trás’ esteja sendo utilizada de maneira equivocada:

  1. a) A parte de trás do meu cabelo ficou toda suja de ovo.
  2. b) Por trás de toda mentira há um fundo de verdade.
  3. c) Pintei o lado de trás do portão, mas o lado da frente ainda não deu tempo.
  4. d) Minha vó sempre trás almoço para mim quando estou doente.
  5. e) Ele olhou para trás e arrependeu-se do que fez.


2- Marque a única alternativa em que a palavra ‘traz’ esteja sendo utilizada corretamente:

  1. a) Esse lado de traz da igreja que precisa ser reformado.
  2. b) Ela traz o almoço de casa para manter a boa forma.
  3. c) Não olhe para traz, siga em frente.
  4. d) Depois que fiquei sabendo da cobra, não tenho mais coragem de pisar a parte de traz do terreno.
  5. e) O menino surgiu de traz da moita.


3- Marque a alternativa em que ‘atrás’ está sendo usada incorretamente:

  1. a) Minha mãe pendura o casaco atrás da porta do quarto.
  2. b) Atrás do guarda roupa tem aranhas?
  3. c) Você viu a sujeira que caiu atrás da lixeira da cozinha?
  4. d) Por que você olha tanto para atrás no retrovisor? 
  5. e) Por que eu sempre tenho que sentar atrás de você?

 

Bônus

De trás: Locução adverbial de lugar e/ou espaço, faz referência a “de onde”, expressando sempre movimento.

Exemplos: “Ele saiu de trás da porta.” / “O objeto foi retirado de trás do armário.”

Detrás: Advérbio, faz referência a “lugar /onde” e pode ser usado como sinônimo de “atrás”.

Exemplos: “O garoto se escondeu detrás da porta!” / “O motociclista bateu no muro detrás do carro.”

E aí, agora ficou mais claro sobre quando usar traz, trás e atrás? Esperamos que sim! Caso você deseje criação de textos com o português claro e a gramática afiada, o Meu Redator pode te ajudar.

 

 

Sair da versão mobile