Guia de ortografia

E agora: sessão, seção ou cessão?

Vou começar com uma confissão (com dois s). No primeiro artigo acadêmico que enviei para publicação, apesar do artigo ter sido aprovado, recebi o texto com vários comentários do parecerista. Entre os erros de português, lá estava ela, a “seção”. Pois é, escrevi um texto inteiro com várias referências às supostas “sessões”. Ficou sem entender…

Escrevo número por extenso ou não?

“Prezado cliente, foram enviadas _________ caixas ao endereço indicado. Cordialmente,  Fulano”   No meio do e-mail, do artigo, da redação, da tese ou da dissertação bateu a dúvida: escrevo o número por extenso ou o algarismo (o número mesmo)? Não achou resposta? Vem comigo!  Vou deixar o primeiro recado aqui: infelizmente, as regras que veremos…

Atrás, traz, trás

Independente do tema sobre o qual deseja escrever, quando se trata de regras gramaticais da Língua Portuguesa sempre há dúvida. Certamente você, ao escrever um texto, já se deparou com o questionamento sobre qual forma usar:  traz, atrás, trás?  Nesse conteúdo vamos entender um pouco melhor sobre a diferença entre eles para não cair mais…

Ambos, ambas, ambos os e ambas as: quando usar?

Muitas pessoas têm dúvidas quanto ao uso de ambos/as, e também das formas ambos os e ambas as. Afinal, existe uma regra quanto à utilização dessas expressões? A resposta é sim, e a regra é muito fácil. Considere as duas frases abaixo para o início de nossa discussão: (1) Ambos relatórios estão na sua mesa….

Nada a ver ou nada haver

Neste conteúdo, vamos falar de algo que tem tudo a ver com redatores, e que vai melhorar bastante sua escrita.  Além disso, não tem nada a ver com as regras gramaticais complexas, mas sim com uma pequena confusão que se faz entre a forma falada e escrita. Você já notou que, muitas vezes, não falamos…

Enfim ou em fim

Enfim, vamos tratar de um tema que dificulta a vida de muitos redatores: expressões de mesmo som, mas de grafia diferente. Esse problema acontece em várias ocasiões, como o clássico “nada a ver” e “nada haver”, assim como “a partir de” e “apartir de”. Para quem vive de redação, dominar essas expressões, aplicar regras gramaticais,…

A partir de ou apartir de

A Língua Portuguesa é muito difícil, não é? Aliás, a forma falada é muito diferente da escrita — e isso causa um nó em nossas cabeças. A saber, não existe forma fácil de estudar português: você precisa aprender a partir de exemplos, teoria linguística e leitura. Aliás, um engano comum é escrever da maneira como…

5 dúvidas muito comuns na Língua Portuguesa

Confesse: você já cometeu um erro de Língua Portuguesa, seja na fala ou na escrita, ou ficou com uma dúvida cruel ao se deparar com determinado aspecto gramatical do nosso idioma. Caso a resposta seja não, você certamente já ouviu alguém pronunciando uma palavra incorretamente (e talvez você faça a correção mental) ou uma construção…