Site icon Meu Redator

Como criar um portfólio para trabalhar como redator SEO?

Seja você um redator SEO iniciante ou não, saber como criar um portfólio irá ajudá-lo a promover seus serviços e conquistar novos clientes. Ele reúne em um único lugar várias amostras de artigos já produzidos por você, evidencia as suas habilidades de escrita e possibilita que outras pessoas avaliem a qualidade do seu trabalho. Em outras palavras, um portfólio melhora a sua imagem no mercado e cria oportunidades de novos negócios.

Mas como criar um portfólio para trabalhar como redator? Apesar de essa tarefa ser bem simples, ela ainda causa muitas dúvidas. Por isso, criamos um guia com tudo o que você precisa saber para divulgar o seu trabalho e se destacar da concorrência. Acompanhe!

Afinal, o que é um portfólio?

Muito mais do que um currículo, o portfólio traz informações importantes sobre a trajetória profissional de uma pessoa, pois contém exemplos práticos das suas experiências, habilidades e competências. 

Enquanto o currículo apenas menciona que você trabalhou em uma empresa e o cargo que exerceu nela, o portfólio é uma coleção dos trabalhos que você já realizou. Na prática, podemos compará-lo a uma vitrine virtual. Portanto, se você é um redator SEO, saiba que essa é a melhor estratégia para divulgar os seus artigos.

Como criar um portfólio de redator SEO?

Agora que você já sabe o que é um portfólio e que ele é a melhor estratégia para divulgar o seu trabalho como redator, vale a pena destacar que não basta apenas reunir vários artigos em sites ou plataformas especializadas e sair por aí distribuindo o seu conteúdo. Absolutamente! 

Para ter bons resultados e fechar novos negócios, é preciso estar atento a alguns fatores e colocar em prática algumas dicas. Veja a seguir.

Cuidado com a ortografia e a gramática

Quem deseja saber como criar um portfólio para trabalhar como redator SEO precisa prestar muita atenção a esta primeira dica. Afinal de contas, nada é mais decepcionante para um cliente do que encontrar erros gramaticais e ortográficos em seus artigos. Lembre-se de que o seu principal produto é a escrita e, portanto, você deve priorizá-la. 

Por isso, sempre revise seus artigos e releia-os quantas vezes forem necessárias para ter certeza de estar oferecendo bons conteúdos aos seus leitores. Abuse das ferramentas de revisão dos processadores e aplicativos de criação de textos disponíveis no mercado, como o Word e o Google Docs, por exemplo.

Neste artigo você confere as melhores dicas para fazer textos incríveis na web!

Escolha a melhor plataforma para criar seu portfólio

Além de revisar os artigos e deixá-los atrativos para os seus leitores, compreender como criar um portfólio para trabalhar como redator SEO também envolve encontrar a melhor plataforma para publicar seus conteúdos.

Felizmente, na internet existem boas opções disponíveis, tanto gratuitas quanto pagas. Ambas são muito úteis, pois facilitam que o seu trabalho chegue até o seu futuro cliente. Entre as mais populares, destacam-se:

Nunca divulgue trabalho não autoral

Muitos redatores iniciam suas carreiras como Ghost Writers (escritores fantasmas) e não há mal nenhum nisso. Porém, compreenda que esse tipo de trabalho não deve entrar em seu portfólio, pois é considerado obra de terceiros. Ainda que os artigos tenham sido escritos por você, eles não levam a sua assinatura. Publicá-los, portanto, é crime e pode prejudicar a sua carreira como redator.

Muitos redatores terceirizam seus serviços e muitas empresas não usam o nome do redator em seus blogs como uma forma de dar voz à marca e não ao profissional. Isso faz parte do mercado, mas o que fazer nesses casos? 

Caso você não possua artigos assinados, o melhor caminho é pedir autorização aos clientes para publicar algumas amostras de conteúdo. Contudo, não se esqueça de formalizar o pedido e a autorização, preferencialmente por e-mail. Agora, caso não consiga autorização, continue a sua leitura com o próximo tópico, pois ele será muito útil.

Como criar um portfólio para redator iniciante?

Conforme mencionamos anteriormente, muitos produtores de conteúdo iniciam suas carreiras como Ghost Writers. Ou seja, apesar de já estarem no mercado há anos, ainda não possuem trabalhos autorais. 

Se você se enxergou nesse contexto, saiba que isso não é um empecilho para criar um portfólio de qualidade para trabalhar como redator SEO. Algumas estratégias possibilitam mostrar o seu trabalho, atrair clientes e se destacar no mercado!

1 – LinkedIn

Se você não puder comprovar suas habilidades de escrita por meio de artigos autorais, uma boa maneira de fazer isso é publicar conteúdos no LinkedIn. Trata-se de uma rede social voltada a criar conexões profissionais, o que é ótimo para sair do anonimato, criar autoridade e fechar bons negócios. Além disso, você ainda pode incluir os artigos no seu portfólio para que sejam vistos pelos seus futuros clientes.

2 – Blog Pessoal

E que tal revelar o seu talento como redator SEO para clientes potenciais por meio de um blog? Além de ajudá-lo a ter trabalhos autorais, ter um blog é uma forma de praticar a escrita e as melhores estratégias de marketing digital do mercado. Ainda, possibilita que você construa a sua presença online e se torne referência no tipo de conteúdo que produz.

Veja também: Qual é a periodicidade ideal para postar em um blog?

3 – Plataforma Meu Redator

Além das alternativas anteriores, redatores iniciantes também podem enviar amostras de seus artigos para o Meu Redator. Trata-se de uma plataforma inovadora, que conecta produtores de conteúdo a clientes sem burocracia e sem complicações.

Tudo o que você precisa fazer é se cadastrar gratuitamente na plataforma e enviar até dois textos do seu portfólio para que sejam analisados por clientes e agências parceiras. Funciona mais ou menos assim:

Quando você se candidata para produzir textos para o Meu Redator, você escolhe uma especialidade, como marketing ou saúde, por exemplo, e então, envia um texto sobre o tema (pode ser algo que você já tenha escrito), que será analisado pelo time da plataforma (e agências parceiras). Essa análise, no entanto, dos portfólios cadastrados na plataforma,  vai ser feita quando surgir uma demanda na área para a qual você se candidatou. Por isso, não há prazo mínimo ou máximo para a aprovação. Mas você pode manter seu portfólio cadastrado gratuitamente na plataforma por tempo indeterminado.

Por que se tornar um redator freelancer na plataforma Meu Redator? Veja algumas vantagens:

Gostou das nossas dicas de como criar um portfólio para trabalhar como redator SEO? Então que tal colocá-las em prática e enviar as amostras dos seus artigos para a plataforma Meu Redator? Conosco, você transforma a sua habilidade em escrever em uma atividade lucrativa. Vale a pena experimentar!

Sair da versão mobile