(Rapidinhas) 5 dicas de ouro para escrever um post campeão
5 (100%) 9 votos

Todos nós sabemos que escrever para blog é uma tarefa complicada. Você pode até produzir o melhor conteúdo e trazer uma solução que vai mudar a vida do leitor, mas as chances dele se entediar pelo seu texto e fechar a aba do seu blog são altas, não é verdade?

Mas como produzir um conteúdo campeão? No post de hoje, conheça 5 dicas matadoras que vão mudar a sua forma de escrever. Confira!

1) Chame a atenção pelo título

Ter um título é fundamental para despertar a curiosidade do leitor sobre o conteúdo. De acordo com o site coppybloger para cada 10 pessoas, 8 leem o título do artigo e apenas 2 leitores continuam lendo o restante do conteúdo.

Logo, a primeira dica para um texto campeão é chamar a atenção logo pelo título. Ele pode ser escrito da seguinte forma:

  1. Listas Numeradas (5 dicas matadoras para escrever para web).
  2. Guias (Guia definitivo de como aprimorar o conteúdo do seu blog).
  3. Curiosidades (Transforme seu blog em uma máquina de vendas agora esmo!).
  4. Perguntas (Não sabe como escrever para blog? Aprenda de uma vez por todas!)

Observe que nesses exemplos os títulos garantem a solução do problema do seu leitor. Essa promessa deve ser garantida no primeiro parágrafo.

2.  Faça uma introdução poderosa

Introdução é tudo para o sucesso do seu conteúdo. Se coloque no lugar do leitor: quantas vezes você deixou de ler um blog post porque a primeira linha não mostrou o seu problema e a promessa de que ele será resolvido?

Por isso, seu objetivo é ter um começo poderoso: no primeiro parágrafo já aborde a necessidade do leitor e garanta que ela será resolvida ou conte uma história pela qual ele se identifique.  De qualquer forma, uma introdução deve ser sucinta e objetiva, despertando a curiosidade do leitor para continuar lendo o desenvolvimento do texto.

3. Organize as suas ideias com intertítulos e imagens

Sabe quando o leitor ficou encantado pelo título e pela introdução, mas não leu o restante porque os argumentos não estavam estruturados? Isso te soar familiar?redacao

Todo leitor de internet “escaneia” o conteúdo: ele julga se o texto agrega valor ou não, checando os intertítulos e até as imagens do post.

Por esse motivo, pense bem nos seus intertítulos, criando-os com o mesmo carinho que você teve pelo título. Da mesma forma, as suas imagens devem complementar e facilitar as mensagens de cada parágrafo.

4. Desenvolva parágrafos curtos e claros

O leitor busca respostas rápidas e fáceis de serem aplicadas, não se esqueça disso! Você já viu alguém ficar preso a textos gigantes e sem sentido? Por isso os seus parágrafos devem ser curtos e claros para que o leitor entenda a sua ideia rapidamente.

Para ser sucinto e objetivo, estabeleça limites de linhas, sendo 3 por frase e 6 por parágrafo, combinado?

5. Faça uma conclusão com CTA no final

A conclusão é o fechamento e o reforço da ideia principal do texto, contendo uma chamada para reflexão ou para uma ação, isto é, convidar para ler outros blogs, pedir comentários no texto. Essa estratégia é conhecida como Call To Action (CTA).

Sua conclusão deve ser breve, mostrando de forma clara e sucinta a solução do problema do seu leitor, convidando-o para ler mais conteúdos do seu blog ou pedir comentários sobre o artigo.

 

Portanto, para escrever um blog post campeão você tem que despertar a curiosidade do leitor e oferecer soluções simples e práticas para seus problemas. Esperamos ter conseguido esses objetivos no post de hoje. O que você achou deste texto? Use o espaço nos comentários e compartilhe sua opinião ou dúvida.

 

Dica bônus: utilize figuras de linguagem em seus textos!

As figuras de linguagem são expressões conotativas da nossa língua, ou seja, são expressas em sentido figurado. A vantagem do uso desses recursos linguísticos é a sua flexibilidade, por meio da qual você trabalha a ambiguidade das palavras ou o sarcasmo (ironia), por exemplo.

Por oferecer esse benefício, usar esses termos corretamente é o ponto chave para enriquecer sua escrita na web. Pensando nisso, separamos este post que lista as expressões linguísticas mais utilizadas na produção de conteúdo e como você deve aplicá-las.

Boa sorte!