As redes sociais tomaram conta do mundo, não é verdade? É muito difícil conhecer alguém que não tenha Facebook, Instagram ou LinkedIn.

Aliás, o mesmo deveria valer para as empresas, só que essa atuação empresarial no mundo on-line ainda é nova no Brasil. Atualmente, apenas as companhias que entendem das tendências do mercado estão preocupadas em usar as redes sociais.

Falando em público-alvo, é importante destacar que vale estudar quem são os usuários de cada rede antes de montar uma estratégia para sua empresa.

Estatísticas do Facebook, reveladas pela própria plataforma, apontaram uma ótima atividade do público mais velho. Já o Instagram é dominado pelos jovens. Essas informações são vitais para uma empresa ter sucesso nas redes.

No entanto, atuar nesses meios virtuais não é uma tarefa para amadores. A consistência de postagens, a qualidade do conteúdo e outros detalhes são muito importantes.

Aqui no Meu Redator a gente conta com a plataforma Meu Freela para criar material para as redes sociais. Vamos entender como funciona o Meu Freela?

 

Como o Meu Freela cria material para redes sociais?

O Meu Freela usa um método de criação de conteúdo para redes sociais embasado em 4 pilares fundamentais:

  1. Desenvolvimento de conteúdo;
  2. Revisão do material escrito;
  3. Criação das artes gráficas e;
  4. Gestão de pautas.

Vamos explicar cada etapa da produção dos materiais nos tópicos seguintes. Confira!

 

1. Desenvolvimento de conteúdo

De forma geral, podemos dizer que é o conteúdo o principal responsável por reter o público. Quanto mais informativo e envolvente for o material, mais pessoas vão seguir a página do cliente.

Assim, para que o conteúdo textual seja de qualidade, uma pesquisa minuciosa é realizada. Dessa forma, diversas fontes de informação relevantes são consultadas, como jornais, revistas, blogs e até livros.

O ideal é que, além de interessante e chamativo, o conteúdo entregue valor para quem consumi-lo. Dessa forma, a autoridade do cliente aumenta, assim como a percepção de que a marca realmente entende do seu ramo de atuação, o que aumenta a confiança por parte dos usuários. 

 

2. Revisão do material escrito

A revisão do material escrito é um ponto crítico para as redes sociais. De fato, não estamos apenas preocupados com a norma culta padrão, mas sim em falar como a persona do cliente.

Isso significa deixar de seguir a própria norma culta padrão, em algumas situações. 

Só para exemplificar, usar um vocabulário aprimorado para conversar com advogados, médicos e engenheiros é uma boa prática; mas a mesma escrita pode não agradar o público mais leigo. 

Até porque, ninguém merece ter que usar o dicionário para entender um post do Instagram, não é verdade?

Logo, o ideal é transmitir a informação da melhor maneira possível, sempre com atenção máxima na persona do cliente — e seu público-alvo.

 

3. Criação das artes gráficas

Não importa qual seja a rede social escolhida pelo cliente: a criação das artes é fundamental para engajar o público.

Além disso, uma boa arte pode fazer a diferença na hora de chamar a atenção dos usuários. Isso significa, portanto, mais visitas no perfil detentor da postagem.

Aliás, para que o trabalho seja executado com maestria, ferramentas de alta tecnologia são usadas, como Photoshop, Illustrator, Corel Draw, entre outros. Isso garante um produto final de altíssima qualidade!

 

4. Gestão de pautas 

Por fim, ao contratar os serviços do Meu Freela, o cliente recebe acesso à plataforma de gestão de pautas do Meu Redator. Dessa forma, ele acompanha a produção do conteúdo, checa o material em produção e até sugere alterações, caso julgue necessário.

Nossas plataformas são abertas à participação dos clientes nas etapas de produção, até porque consideramos que esse diálogo é algo fundamental para atingir níveis elevados de satisfação.

 

Por que as redes sociais são importantes para uma marca?

Para começo de conversa, apenas o Facebook sozinho, concentra uma quantidade mensal de usuários a qual passa da casa de 1 bilhão. Ele é a rede social mais movimentada da atualidade. 

Então, com certeza seus clientes ideais têm uma enorme chance de estarem por lá — só falta você os encontrar ou ser encontrado por eles!

No entanto, é interessante pontuar que, no caso das redes sociais, é mais fácil ser encontrado pelas pessoas interessadas em seus produtos do que ir atrás desse público. 

De fato, o próprio algoritmo trabalha a seu favor nesse quesito: quando um cliente ideal (aquele que tem um interesse em adquirir seu produto/serviço) for localizado, suas publicações aparecerão no feed dele. Isso acontece quando impulsionamos as publicações de forma acertada.

Porém, se você ainda não está convencido sobre a relevância das redes sociais para a sua marca, a gente lista mais alguns motivos. Veja os tópicos seguintes.

 

Engajamento é tudo

O engajamento é o quanto sua empresa está presente na vida dos consumidores. Em outras palavras, dizemos que uma marca é engajada com seu público quando ela possui uma familiaridade genuína com seus usuários.

Sendo assim, é natural que os usuários tenham receio de fazer negócios com uma marca a qual não conhecem ou não têm feedback positivo a respeito, concorda?

É por isso que engajar seu público é fundamental para aumentar as vendas e fortalecer seu nome no mercado.

 

Comunicação direta

Sua empresa pode contar com uma seção “contato” no site institucional, mas apenas isso, não é nem de longe a única forma (e nem a mais adequada) de se aproximar de seu público.

Por outro lado, conteúdos dando suporte após a venda e materiais apontando maneiras de solucionar problemas corriqueiros — as chamadas dúvidas frequentes ou simplesmente FAQ —  são uma via de comunicação direta entre seu negócio e os consumidores. 

Se o trabalho for feito de forma adequada, junto com a criação de artigos mais completos para o seu blog, muitas pessoas estarão interessadas no que sua empresa tem a dizer.

 

Humanização de marca

Por fim, as redes sociais são ótimas ferramentas para humanizar a sua marca. Em suma, isso significa mostrar que há seres humanos trabalhando por trás das atividades da empresa. 

Isso tira a sensação de “distância” entre a marca e os consumidores e ainda confere um toque de empatia e acolhimento entre empresa-consumidor.

Agora que você já sabe da importância das redes sociais para o fortalecimento de sua marca, que tal investir na produção de posts para o seu negócio? 

Clique aqui para acessar a plataforma Meu Freela e contratar o serviço de criação de posts para as redes sociais.

 

Escrito por:


Juliano Franco Duarte

CTO – Meu Redator