12 dicas para ter mais sucesso com a Black Friday
5 (100%) 5 votos

A Black Friday, tão aguardada por comerciantes e consumidores no país, é uma ótima oportunidade para quem pretende aumentar as vendas, tanto fisicamente quanto online. A expectativa, segundo a Ebit é a de que neste ano o faturamento seja 15% mais alto que em 2017, data em que os comércios na web conseguiram faturar 2,1 bilhões.

Contudo, as empresas de varejo online ou comerciantes virtuais precisam seguir algumas orientações para o dia. As ações são no sentido de se prepararem devidamente, a fim de evitar queixas de usuários (que chegaram ao número de 17 mil, ano passado, no site Reclame Aqui), para que as expectativas com as altas vendas se concretizem e possam fechar o ano com chave de ouro.

Quer saber algumas dicas para impulsionar seu faturamento e garantir a satisfação dos compradores? Acompanhe a leitura!

 

Faça uma Black Friday com descontos verdadeiros

As promoções precisam ser reais. Ao agir de má-fé, o vendedor corre o risco de acabar com sua reputação, devido a inúmeras reclamações que surgirão no Reclame Aqui e nas redes sociais. Esse fato poderá prejudicar as compras não só nessa data, mas também nos próximos meses. Dessa forma, só participe se seu negócio realmente tiver condições de arriscar as promoções.

 

 

Tenha uma plataforma robusta

Nesse dia o número de acessos é muito maior que o normal. Para que isso não prejudique a experiência do usuário e o faça desistir das compras, pelas falhas da plataforma, garanta a robustez do ambiente em que estarão as mercadorias e os serviços. A falta de estabilidade no site foi uma das maiores chateações nos anos anteriores.

 

Site da Americanas.com na Black Friday

 

Possibilite várias formas de pagamento

É importante pensar em agradar a cada tipo de cliente que se interessa pelo seu produto e, assim, as vendas tenham a possibilidade de alcançar grandes números. As opções mais comuns nos e-commerces mais notáveis são: boleto bancário, transferência entre contas, cartões de crédito, gateways e intermediadores de pagamento.

 

Invista em marketing digital

Banners promocionais, anúncios em redes sociais(como o Facebook e o Instagram) ou email marketing dias antes da Black Friday são ótimas estratégias para chamar a atenção dos usuários para sua empresa. Escolha produtos e serviços interessantes, que agradem a audiência segmentada e que tenham descontos imperdíveis.

Essas redes contam com ferramentas que ajudam a impulsionar o alcance de propagandas, que são, respectivamente, Facebook Ads e Instagram Ads. Capriche no CTA e não se esqueça dos bons títulos nas divulgações!

 

 

Use gatilhos mentais ou outras estratégias de conversão

Crie expectativa, inserindo um gadget no site, em formato de temporizador com contagem regressiva das horas. Ou, nas redes sociais, faça postagens, de tempo em tempo, lembrando a aproximação da data. Por meio do gatilho mental da antecipação, você gera ansiedade para que o grande dia chegue logo. Outra ideia é causar curiosidade, deixando um produto surpresa para ser revelado nos últimos instantes, apenas para quem acessar a página.

Estratégias que instiguem alguma ação do usuário, seja por meio do desejo pela recompensa, seja por medo da punição têm base científica e aumentam o engajamento.

 

Aperfeiçoe o SEO

É imprescindível que os usuários consigam encontrar os produtos dentro do site e por meio de buscadores, como o Google. Repasse a descrição e as palavras-chave das mercadorias, a fim de se certificar de que esteja tudo otimizado. Ferramentas como o Google AdWords e o Ubersuggest mostram a relevância de cada keyword. Já o Google Trends faz comparação, por meio de gráfico, entre duas ou mais sugestões.

 

 

Foque no acesso móbile

Cada vez mais aumenta o número de acessos e compras por meio de dispositivos móbiles. Ainda que a etapa final, de pagamento, ocorra por outra forma, pelo menos a da pesquisa e a da comparação de preços são feitas por celulares e tablets. A concorrência no meio online é grande e buscar oferecer sempre a melhor experiência é essencial. Não deixe esse detalhe passar para não cair conversões nesse grande dia.

 

Invista na segurança

Pensar na proteção, tanto para o cliente quanto para o varejista é primordial. Segundo um levantamento da Konduto, em 2017, as lojas virtuais sofreram 1 tentativa de fraude a cada 5 segundos.

Essa, por ser uma data mais visada pelos usuários, chama também a atenção de pessoas mal intencionadas, que apenas aguardam uma falha para agir. Um consumidor que seja vítima de ter seus dados pessoais e bancários roubados, irá pensar duas vezes antes de voltar a comprar do mesmo lugar.

 

Esteja antenado às tendências

As preferências dos visitantes podem variar de acordo com as tendências. Filmes e seriados que estejam muito falados no momento, produtos usados ou comentados por influencers digitais, objetos que apareceram em novelas e filmes tendem a sugestionar escolhas. Analise o que tem sido postado e compartilhado nas redes sociais, a fim de pegar insights para melhores promoções.

 

Simplifique a navegação

O ambiente online precisa ter boa usabilidade. É primordial a navegação intuitiva, com interface simples, menus legíveis e um espaço para digitar o item a ser buscado. As descrições precisam ser detalhas, mostrando todas as especificações. As fotos precisam ser de qualidade, a fim de diminuir qualquer dúvida do usuário.

 

Revele o estoque real

Uma grande loja pode ter diversos itens do mesmo produto saindo ao mesmo tempo. Se a empresa não tiver um bom software que mostre o estoque em tempo real, correrá o risco de vender algo que já não exista mais, o que causará grande decepção ao consumidor. A consequência disso poderá ser ainda ter que lidar com reclamações espalhadas no ambiente virtual.

 

 

Assegure a entrega no prazo e com frete razoável

Dois alvos de queixas na Black Friday passada foram com relação a mercadorias entregues com atraso ou com estabelecimentos querendo cobrar fretes abusivos. Esses tipos de comportamentos costumam tirar a confiança dos fregueses no relacionamento com a marca, afetando as compras futuras. Como é uma data especial e as vendas tendem a aumentar, vale a pena fazer parcerias com mais entregadores no período em que estejam programadas as entregas.

Ao trabalhar com vendas, é preciso se lembrar de que a credibilidade do consumidor é algo difícil de conquistar e muito fácil de perder. Ainda que a marca deseje aumentar seus dígitos na receita, é primordial ter ações honestas, não só na Black Friday, mas em todos os outros dias, a fim de não manchar sua reputação. Além disso, fazer planejamentos estruturados, para essa grande data, dará mais possibilidade de grandes retornos.

Curta nossa página no Facebook e acompanhe mais de perto outras dicas para sua empresa intensificar as vendas!