No dinâmico e competitivo universo do marketing digital, a criação de conteúdo é um pilar essencial para atrair, engajar e converter audiências. Com o avanço tecnológico, a inteligência artificial (IA) emergiu como uma ferramenta poderosa, prometendo transformar a forma como produzimos e consumimos conteúdo. 

Entretanto, a capacidade da IA de gerar textos automaticamente, de maneira rápida e eficiente, levanta questões importantes sobre sua eficácia e impacto comparados aos métodos tradicionais de criação de conteúdo humano.

Recentemente, Neil Patel, uma autoridade reconhecida em marketing digital, abordou esse tema em um post, destacando que conteúdos produzidos por IA geram menos tráfego. 

Segundo Patel, a falta de originalidade e a menor qualidade percebida desses textos podem afetar negativamente o desempenho nos rankings de busca do Google, prejudicando a visibilidade e o tráfego dos sites. 

Por isso, este artigo traz um alerta sobre a necessidade de entender as diferenças entre conteúdos gerados por humanos e por IA. Ao final da leitura, você será capaz de avaliar qual abordagem é mais vantajosa para criar materiais mais engajadores para o seu público, sem comprometer a qualidade e a originalidade das mensagens. 

Preparado? Então vamos lá!

Conteúdo humano vs criação de conteúdo com inteligência artificial

No universo do marketing digital, a criação de conteúdo é uma atividade essencial para atrair, engajar e converter clientes. 

Com o advento da inteligência artificial, surgiram novas possibilidades para a produção de conteúdo, desafiando métodos tradicionais e criando um debate sobre qual abordagem é mais eficaz. 

A seguir vamos conhecer as características, vantagens e desvantagens do conteúdo criado por humanos e pela IA para entender melhor essa dinâmica.

Conteúdo humano

A criação de conteúdo humano é feita por redatores profissionais que utilizam sua criatividade, conhecimento e habilidades para desenvolver textos únicos e envolventes. 

Essa abordagem se baseia na capacidade humana de interpretar nuances emocionais, culturais e contextuais, proporcionando uma conexão mais profunda com o público.

Vantagens

  • Humanização e empatia: redatores profissionais são capazes de captar e transmitir emoções, criando uma conexão genuína com o leitor. Eles podem adaptar o tom e o estilo para se alinhar melhor com o público-alvo, resultando em uma experiência de leitura mais rica e envolvente.
  • Originalidade e criatividade: cada conteúdo produzido por um redator é único e reflete sua perspectiva individual. Isso, por sua vez, traz frescor e inovação, diferenciando o conteúdo de outros disponíveis no mercado.
  • Relevância e precisão: redatores qualificados realizam pesquisas detalhadas, garantindo que as informações sejam precisas, atualizadas e relevantes para o público. Eles têm a habilidade de interpretar dados e apresentar insights de maneira acessível e interessante.

Desvantagens

  • Tempo e custo: a criação de conteúdo humano pode ser mais demorada e cara, especialmente quando se busca alta qualidade. Afinal de contas, o processo de pesquisa, escrita e revisão demanda tempo e investimento financeiro.
  • Limitações de criação em escala: para o redator, produzir grandes volumes de conteúdo pode ser desafiador. Ou seja, escalar a produção rapidamente pode comprometer a consistência e a profundidade dos textos. 

Criação de conteúdo com inteligência artificial

A criação de conteúdo com inteligência artificial utiliza algoritmos avançados para gerar textos automaticamente. Ferramentas como GPT-4 são capazes de produzir uma ampla gama de conteúdos, desde artigos e posts de blog até descrições de produtos e roteiros para vídeos.

Vantagens

  • Velocidade e eficiência: a IA pode gerar grandes volumes de conteúdo em questão de segundos, o que economiza tempo e recursos humanos. Isso é particularmente útil para empresas que precisam manter um fluxo constante de publicações.
  • Custo-efetividade: utilizar IA para produzir conteúdo pode reduzir significativamente os custos operacionais, eliminando a necessidade de uma equipe extensa de redatores.
  • Consistência: dependendo da ferramenta, a IA pode ser personalizada para manter um padrão uniforme de estilo em todos os textos de determinados clientes, garantindo que o conteúdo gerado siga uma linha editorial coesa e respeite a identidade da marca.

Desvantagens

  • Falta de humanização: textos gerados por IA podem carecer de empatia e conexão emocional com o leitor. Isso acontece porque a capacidade da IA de interpretar e replicar nuances humanas ainda é limitada, o que pode resultar em conteúdos menos envolventes.
  • Risco de redundância: ferramentas de inteligência artificial tendem a compilar e reorganizar informações existentes, o que pode levar à falta de originalidade e inovação. Em outras palavras, isso pode fazer com que o conteúdo pareça repetitivo e pouco atrativo.
  • Problemas de qualidade: sem supervisão humana, a IA pode gerar conteúdos com erros factuais, desatualizações e falta de profundidade. Isso pode comprometer a credibilidade da marca e a satisfação do leitor.

Estudo da Hubspot mostra as ferramentas de IA mais usadas por profissionais de marketing.

Como a inteligência artificial está revolucionando o marketing de conteúdo?

A IA tem transformado o marketing de conteúdo de várias maneiras, proporcionando ferramentas poderosas para profissionais de marketing. Abaixo, alguns dos principais impactos:

Automação de tarefas repetitivas

A IA pode automatizar tarefas repetitivas como pesquisa de palavras-chave, otimização de SEO e agendamento de postagens. Isso libera tempo para os profissionais de marketing se concentrarem em atividades estratégicas.

Análise de dados

Ferramentas de IA podem analisar grandes volumes de dados para identificar tendências, comportamentos de consumidores e oportunidades de conteúdo, permitindo a criação de estratégias mais informadas e direcionadas.

Personalização de conteúdo

A inteligência artificial pode personalizar o conteúdo com base nas preferências e comportamentos individuais dos usuários. Isso aumenta o engajamento e a relevância do conteúdo, criando uma experiência mais satisfatória para o leitor.

Geração de ideias

Por último, a IA pode ajudar na geração de ideias de conteúdo, sugerindo tópicos populares, lacunas de conteúdo e tendências emergentes para um determinado setor. 

Desafios dos conteúdos gerados por inteligência artificial

Apesar dos benefícios, o uso da IA na criação de conteúdo tem várias implicações que precisam ser consideradas:

Impactos no ranking do Google

Segundo Neil Patel, o algoritmo de busca do Google valoriza a originalidade, a qualidade e a relevância do conteúdo, o que pode ser comprometido quando produzido exclusivamente por IA.

Para comprovar essa teoria, o guru do marketing digital compartilhou dados de um estudo feito com 68 sites. De acordo com Patel, eles geraram 744 conteúdos, mesclando a geração por IA e talento humano. 

No primeiro gráfico podemos observar que o conteúdo gerado por humanos (barras laranjas) atraem muito mais tráfego para o site.

Fonte: https://x.com/neilpatel

Já no segundo gráfico, observamos quanto tráfego os dois tipos de conteúdos recebem por minuto. O mais interessante é perceber que mesmo levando mais tempo para ser produzido, o conteúdo humano leva vantagem, mesmo que a diferença seja pequena.

Fonte: https://x.com/neilpatel

Falta de originalidade

Uma das maiores limitações da IA é sua tendência a compilar e reorganizar informações já existentes na internet. 

Isso pode resultar em conteúdos que, embora bem estruturados, são pobres em originalidade e inovação. 

Oferecer mais do mesmo pode fazer com que o público perca o interesse rapidamente, prejudicando o engajamento e a fidelização.

Risco de plágio e violação de direitos autorais

Ao reutilizar informações disponíveis online, a IA pode inadvertidamente reproduzir partes significativas de textos existentes, levantando questões de plágio e direitos autorais. Isso não só coloca a empresa em risco legal, mas também pode danificar sua reputação se for percebida como uma prática antiética.

Informações erradas e desatualizadas

Conforme mencionamos anteriormente, sem supervisão humana, a IA pode gerar conteúdos com erros factuais, informações desatualizadas ou até mesmo enganosas. 

A falta de uma revisão criteriosa pode resultar na publicação de textos que comprometem a credibilidade da marca e induzem o público a erros.

Ausência de contexto cultural e sensibilidade

A IA ainda não possui a capacidade de compreender completamente contextos culturais, nuances locais e sensibilidades emocionais. 

Essa limitação pode levar à criação de conteúdos que, embora tecnicamente corretos, não ressoam com o público-alvo ou, pior, ofendem ou alienam certas audiências.

Desconexão emocional

Textos gerados por IA frequentemente carecem de empatia e conexão emocional, aspectos que são essenciais para criar uma experiência de leitura envolvente. A falta de humanização pode resultar em conteúdos que parecem frios e distantes, dificultando a construção de uma relação de confiança com os leitores.

Afinal, conteúdo criado com inteligência artificial traz mais tráfego do que conteúdo humano?

Infelizmente, a resposta é não. 

Embora a inteligência artificial ofereça praticidade e agilidade, ela não substitui a necessidade de um toque humano na criação de conteúdo. 

Conteúdos gerados exclusivamente por IA tendem a ser menos humanizados, genéricos e menos relevantes. Na maioria das vezes, eles não trazem novidades para o leitor, pois a tecnologia faz um compilado das informações já disponíveis na internet.

Por outro lado, a humanização no conteúdo é fundamental para estabelecer uma conexão emocional com o público, algo que a IA ainda não consegue fazer de maneira eficaz. 

Além disso, vale lembrar que o Google valoriza a qualidade e a originalidade do conteúdo em seu algoritmo de ranking, penalizando sites com conteúdos irrelevantes, repetidos e desatualizados. 

A chave para uma estratégia de conteúdo eficaz pode estar na combinação dessas duas forças, utilizando a IA para automatizar tarefas repetitivas e gerar ideias, enquanto os redatores humanos adicionam o toque criativo e empático necessário para engajar verdadeiramente o público.

Como criar conteúdos engajadores com a ajuda da inteligência artificial?

A IA não deve substituir o talento humano, mas pode ser uma aliada poderosa na criação de conteúdos engajadores. Aqui estão algumas formas de integrar a IA de maneira eficaz:

  • Utilize ferramentas de IA para realizar pesquisas de palavras-chave de forma mais ágil e identificar termos que podem aumentar o alcance e a relevância do seu conteúdo; 
  • Conte com a inteligência artificial para ajudar na geração de ideias de conteúdo, sugerindo tópicos baseados em tendências e interesses do público;
  • Aproveite a inteligência artificial para criar briefings detalhados que orientem os redatores humanos na produção de conteúdo, garantindo que todos os aspectos importantes sejam cobertos e que o conteúdo seja alinhado com os objetivos da marca;
  • Automatize tarefas repetitivas como a otimização de SEO, a formatação e o agendamento de postagens com o auxílio da IA, possibilitando que os redatores se concentrem na criação de conteúdos de alta qualidade e na estratégia;
  • Explore ferramentas de IA para revisão e edição de conteúdos, corrigindo erros gramaticais e de estilo. Ferramentas como o Grammarly e o Hemingway Editor podem ajudar a melhorar a clareza e a legibilidade dos textos.

Como a Meu Redator pode ajudar a potencializar o seu marketing digital?

Como uma agência de marketing experiente, a Meu Redator oferece serviços de criação de conteúdo profissional que combinam o melhor da tecnologia com o talento humano. 

Através de nosso Marketplace você pode contratar redatores diretamente para criar conteúdos sob demanda, garantindo flexibilidade e rapidez para os seus projetos. Todos os profissionais disponíveis são selecionados cuidadosamente para atender às necessidades específicas do seu negócio.

Nossa agência oferece serviços de curadoria e planejamento, onde uma equipe dedicada trabalha em estreita colaboração com você para desenvolver estratégias de conteúdo personalizadas. 

Isso inclui a criação de calendários editoriais, pesquisas de mercado, e produção de conteúdo de alta qualidade.

Independentemente da forma de contratação, ao contar com os serviços de criação de conteúdo da Meu Redator você tem os seguintes benefícios:

  • Conteúdos humanos criados por redatores profissionais que garantem a originalidade, qualidade e relevância das mensagens;
  • Produção de conteúdos alinhados com as melhores práticas de SEO para melhorar seu ranking no Google;
  • Serviços sob demanda que se adaptam às necessidades e ao ritmo do seu negócio;
  • Equipe dedicada para fornecer suporte e orientação em todas as etapas do processo.

Conclusão

Conforme apresentamos neste artigo, a criação de conteúdo com inteligência artificial tem suas vantagens, mas não substitui a qualidade e a humanização oferecidas por redatores profissionais. 

Enquanto a IA pode ser uma ferramenta poderosa para automatizar tarefas e gerar ideias, a verdadeira conexão com o público é alcançada através do talento humano. 

Para garantir conteúdos engajadores e de alta qualidade, é essencial combinar a eficiência da IA com a criatividade e a empatia dos redatores. 

A Meu Redator está pronta para ajudar a potencializar seu marketing digital, oferecendo soluções de conteúdo que realmente fazem a diferença. Conheça as nossas soluções em comunicação e veja como podemos transformar sua estratégia de conteúdo.

Escrito por:


Juliano Franco Duarte
CEO – Meu Redator