Criação de conteúdo ou Google Ads? Onde e como obter o melhor retorno?
5 (100%) 2 voto[s]

Quando se trata de atrair clientes, investir em marketing de conteúdo ou no Google Ads é uma terrível dúvida. Saiba, agora, em qual delas obter melhor retorno!

Uma das carências de boa parte das empresas – incluindo os clientes que nos procuram – é onde e como investir melhor o seu dinheiro: Se em uma estratégia de Criação de Conteúdo ou no Google Ads. Nós simplesmente respondemos: nos dois!

Isso mesmo! Dependendo da estratégia e da necessidade do negócio, é possível tanto investir em criação de conteúdo quanto no Google Ads. Vai depender muito da visão da empresa, seus objetivos e a necessidade em cada situação.

Tanto a Criação de Conteúdo quanto o Google Ads, fazem parte do que chamamos de Inbound Marketing (produção de conteúdos para engajamento) e Outbound Marketing (prospecção de clientes), sendo a primeira uma estratégia passiva e a segunda, ativa.

Ambas são “braços” do Marketing Digital, que é o conjunto de ações e estratégias de comunicação adotadas por qualquer empresa, e que podem fazer uso da internet, da telefonia móvel, plataformas e outros dispositivos digitais para projetar e comercializar seus produtos ou serviços.

E o fato é que, sem o Marketing Digital, nenhum negócio atualmente sobrevive. A menos que seja um pequenino negócio de bairro, e mesmo assim, é preciso torcer para que não surja um concorrente de peso, com muito mais atrações.

Assim, tanto a criação de conteúdo quanto o Google Ads são extremamente necessários para que sua empresa continue crescendo ou mesmo volte a crescer, conquistando novos clientes e fidelizando os que já estão conquistados. Veja o porquê:

 

Por que hoje o Marketing Digital é a melhor opção?

Porque nos dias atuais, quem não estiver presente no Google ou nas principais plataformas de interação, não existe. Por isso, a criação de conteúdo e o Google Ads são importantes. O mundo está mudando e algumas velhas ferramentas de divulgação deixaram, há muito, de ser atraentes.

Há alguns anos, quando a internet ainda estava “engatinhando”, era talvez uma questão de status para a empresa possuir um site. Isto porque seriam bem poucos os acessos, tanto que em 1996, por exemplo, apenas 4.000 negócios em todo o mundo possuíam um site na internet.

Naquele tempo, divulgação e propaganda eram feitas, mesmo, por meio de rádio, televisão, jornal ou revista. Hoje, tudo mudou. Só no Brasil, são 10,5 milhões de sites brasileiros e destes, 371.700 são sites de e-commerce. E a criação de conteúdo junto com o Google Ads tem participação nisso.

Antigamente, os gastos publicitários eram volumosos e bem poucos empreendedores possuíam condições de investir em publicidade. Os que não podiam, tinham que se contentar com panfletagem, carros de som ou ainda, o ‘jornalzinho” de bairro, que também era caro.

Hoje, é possível, através de um site e uma campanha direcionada, atrair milhões de acessos com um vídeo produzido com o celular e sem qualquer custo. Ou ainda, atrair clientes com um texto bem elaborado ou uma propaganda no YouTube, por exemplo.

Imagine, direcionar uma campanha pronta na rede de buscas e atrair cem mil acessos direto do perfil de público que lhe interessa? E tudo isso por um valor muito mais em conta?

Alguns clientes ainda perguntam: E como sobreviver neste gigantesco mercado? Como se destacar?

Respondemos: Por meio do Marketing Digital. Quem não investe em criação de conteúdo ou no Google Ads, não vende!

Alguns clientes ainda questionam: “Mas será que a internet, cujo conteúdo muitas vezes peca pela falta de autenticidade, é um mercado tão poderoso assim?”. Sim, ela é e está longe de ser pouco utilizada, visto que criação de conteúdo é diversificada e muitos sites gozam de grande credibilidade.

Isto porque a internet democratizou o conhecimento e tornou acessível qualquer pesquisa em tempo real e direto da mão. Ficou mais difícil ludibriar o consumidor, que está mais exigente, consciente e muito bem informado sobre tudo. A vantagem maior: se ele gostar da qualidade, estará fidelizado.

E aí entra novamente a criação de conteúdo e/ou o investimento em Google Ads.

Vender, hoje, um produto ou serviço, portanto, pode não ser tão fácil como em outros tempos, mas sem dúvida, ficou menos dispendioso e muito mais vantajoso a qualquer um.

 

Imagine poder mostrar a este público as vantagens do seu negócio por meio da criação de conteúdo ou do Google Ads?

Só no Brasil, segundo o último Censo do IBGE, mais de cem milhões de pessoas já contam com acesso a internet. No mundo já são 3,6 bilhões de internautas, 47% de toda população do planeta e que se mantém “on-line”, sendo que só no Brasil, são 58% (116 milhões) de brasileiros conectados.

Imagine 10% deste grupo acessando o seu site e conhecendo seu negócio? Como? Por meio da criação de conteúdo e/ou do Google Ads!

Por isso, o Marketing Digital é uma ferramenta que ajuda o seu negócio a ganhar cada vez mais projeção no mercado. Diferente de qualquer ação publicitária, onde um anúncio em jornal/revista, rádio e televisão é voltado para um público em geral, ele direciona o seu negócio para o público certo.

Desse público em geral, é preciso que o anúncio atinja o “lead”, que são os consumidores que vão se interessar por seu produto ou serviço. E aí sim, é preciso torcer para que desse público, algumas pessoas resolvam consumir o que você oferece.

Já o Marketing Digital identifica e prepara o seu negócio com todas as ferramentas possíveis para atingir o público certo, sem queimar dinheiro à toa.

Ou seja, no primeiro, você vai até o cliente. No segundo, o cliente chega até você.

Percebe o porquê de o Marketing Digital ser tão importante?

 

Criação de conteúdo: Como e por onde começar?

A criação de conteúdo é uma estratégia do Inbound Marketing, que serve para atrair e engajar um público cada vez maior ao seu negócio. É através do Inbound Marketing que é possível tornar uma marca, um produto, um trabalho ou um projeto de conhecimento amplo em uma região ou mercado.

Quanto mais pessoas conhecerem, curtirem, compartilharem a campanha, maior será o envolvimento do público alvo e melhores serão as chances de conversão de leads. Os leads são os clientes realmente interessados no seu negócio, em adquirir o produto ou serviço oferecido.

Assim, por meio da criação de conteúdo, é possível fazer vídeos, imagens, textos, áudios, sites, animações, e-books e outros recursos que possam atrair a atenção, serem compartilhados e com isso, aproximar ainda mais a clientela.

Para tanto, é necessário criar conteúdos focados em um serviço ou produto, conforme a linguagem certa e os recursos e técnicas apropriados para o público que se quer alcançar.

Ou seja, se a intenção é vender roupas esportivas para um público jovem, de nada adianta utilizar uma linguagem científica ou técnica, nem mesmo uma filmagem que aborda a cultura da moda em outros períodos. Tem que ser um conteúdo criativo, que atinja em cheio a curiosidade e a vontade do público em acessá-lo e conhecê-lo melhor.

Estes conteúdos, no entanto, estão longe de ser uma publicidade direta sobre a empresa ou seus produtos e serviços. São conteúdos de relevância, dentre o público alvo, e que ajudam a elucidar quaisquer dúvidas sobre a proposta que a empresa lança no mercado.

Podem ainda ter o objetivo de conscientizar a população quanto a uma causa, uma ideia, uma necessidade e, não raramente, podem viralizar por conta disso, provocando uma repercussão positiva. Este é o efeito que a criação de conteúdo pode gerar, muitas vezes, até de graça.

Portanto, quando se fala em criação de conteúdo, é preciso levar em consideração:

– O que vai ser abordado neste conteúdo;

– Para qual público alvo será destinado;

– Qual a linguagem necessária, e

– Em qual formato a criação de conteúdo sugerida chamará mais a atenção.

Assim começa este processo.

 

Quais as vantagens da criação de conteúdo?

AUMENTA O RECONHECIMENTO: Também chamado de “brand awareness”, a criação de conteúdos ajuda a cativar e a ampliar o reconhecimento do público com relação a uma marca, serviço ou produto.

AMPLIA O ENGAJAMENTO: A criação de conteúdo, por não se tratar de uma publicidade direta, consegue provocar o público, gerando empatia, envolvimento e participação em cada ação de marketing. Com este engajamento, o público segue a marca e passa a acompanhar suas inovações.

EDUCA O MERCADO: É comum que, muitas vezes, os clientes não entendam as políticas da empresa e pouco conheçam sobre seus produtos e serviços. Procedimentos, normas, oportunidades e vantagens precisam ser muito bem explicados, dirimindo dúvidas e aumentando a satisfação.

GERA LEADS: Embora muita gente pense que o marketing de conteúdo apenas “aumente” os acessos de um site ou postagem, na verdade, a criação de conteúdos aumenta a conversão, visto que reúne informações destes clientes e os qualifica para oportunidades de venda.

CRIA OPORTUNIDADES DE VENDA: Se o lead é o público interessado em um produto ou serviço, então, quanto mais tráfego, mais leads. E quanto mais leads, maiores as chances de venda. Também é uma forma de guiá-los pelo processo de compra e ajudá-los na tomada de decisão.

MELHORAR OS PREÇOS DE VENDA: Se para vender um produto gasta-se muito, o valor da venda se torna alto demais e, portanto, não compensa. A criação de conteúdo economiza esse processo e torna o valor mais atrativo.

AUMENTAR O LIFETIME-VALUE: A criação de conteúdo ajuda a aumentar o “Valor do tempo de vida do cliente”, ou seja, o tempo que o cliente contrata o seu serviço ou compra seus produtos. Atualmente, é mais barato vender para um cliente fidelizado, em vez de buscar novos no mercado.

 

E o Google Ads? É fácil? Mais barato? Como é?

O Google Ads ou Adwords, como muitos conhecem, é um mecanismo de publicidade do próprio Google, que permite a qualquer empresa expor um produto ou serviço diretamente ao perfil de público que deseja. Ao contrário da criação de conteúdo, o Google Ads pode ser um investimento mais alto.

Para tanto, a empresa deverá possuir uma conta no Google Adwords, através de uma outra conta do “Gmail”.

Nesta plataforma, você pode trabalhar com anúncios em formato de texto e outros em formatos dinâmicos. Os anúncios mais simples são publicados nas páginas de pesquisas do buscador. Assim, quando alguém procurar no buscador o nome de sua empresa, o encontrará entre os links da página.

Para criar estes anúncios, é necessário possuir um conteúdo ou plataforma já prontos na rede. Sem o mesmo, não há o que começar a divulgar. Uma vez criado o conteúdo certo, é possível fazer uma pesquisa por palavras chaves, dentro do Google Ads, que vai impulsionar o link patrocinado na rede.

Estas palavras chaves ou termos são as palavras ou frases que as pessoas digitam no buscador, sempre que necessitam encontrar uma empresa produto ou serviço.

Caso prefira, existe a opção de veicular a propaganda em formato de vídeo, animação e gráfico através de vídeos no Youtube, dispositivos móveis, mensagens sms, publicidade na rede de emails Gmail, dentre outras. Tudo isso através da plataforma do Google Ads.

Mas isso tudo tem um custo?

Sim, e existem várias formas de cobrança em cima destes serviços, e duas das principais são o “Custo por Clique” – CPC, que calcula um valor sobre cada clique em cima de sua publicidade; e o CPM – ou Custo por Mil, que cobra pela exibição ou projeção da propaganda na rede.

No primeiro caso, o cliente define o quanto está disposto a pagar por cada clique, lembrando que, quanto mais alto o valor do clique, mais chances de aparecer nas primeiras posições do buscador. No segundo caso, quanto maior o valor, maior o tempo de projeção.

 

Quais as vantagens do Google Ads?

DIREÇÃO CERTA: Aqui, é possível escolher o público alvo e garantir que a campanha seja vista pela pessoa certa.

CONTROLE DA INFORMAÇÃO: Texto, imagem, design, é tudo minuciosamente analisado pela equipe do Google, para aumentar as chances de a campanha ser bem sucedida.

SEGMENTAÇÃO: É possível definir quem verá a campanha e em que horário.

VENDAS: Conforme os momentos de maior procura, é possível veicular as campanhas e aumentar as chances de retorno, sem o receio de gastar além da conta.

RESULTADO RÁPIDO: Não tem o que convencer. O cliente procura, clica e se quiser, compra.

Se você pensa em criar conteúdos ou investir no Google Ads, saiba que está no caminho certo. Só falta uma coisa para aumentar as chances de sucesso: Criar o conteúdo para investimento com o Meu Redator. Aqui, o seu texto vai fazer a diferença na internet e conquistar mais clientes. Pode apostar!

Acesse www.meuredator.com.br e faça o seu negócio crescer de verdade. Vamos conversar?

 

Escrito por:


Juliano Franco Duarte
CTO do Meu Redator