Livros que todo redator deveria ler
5 (100%) 5 votos

Redatores e produtores de conteúdo web podem, muitas vezes, encontrar dificuldades na hora de produzir seus textos. Seja por falta de palavras, inspiração, ou simplesmente por dificuldades com a gramática, escrever pode se revelar um verdadeiro beco sem saída para aqueles que estão enveredando pelo caminho literário. Uma das maneiras mais eficazes e mais utilizadas, até hoje, por estudantes, curiosos e profissionais amantes dessa arte, para sanar toda e qualquer dificuldade na hora de escrever, é manter um hábito contínuo de leitura, independente do assunto que seja abordado na publicação. 

Ler, além de nos tornar melhores comunicadores, livres e criativos, nos transforma de diversas maneiras, modificando, inclusive, a forma com que vemos o mundo e escrevemos sobre ele. Assimilar e encontrar novas referências poderá ajudar os que desejam se profissionalizar na arte da escrita e os que escrevem profissionalmente, garantindo que o conteúdo de seus trabalhos sejam cada vez mais completos e ricos.

Pensando nisso, e para ajudá-los nesse processo de aprimoramento, fizemos um levantamento de 6 livros indispensáveis para redatores e produtores de conteúdo, que trazem consigo desde o conhecimento da língua portuguesa, até as mais variadas sugestões de práticas e técnicas que irão favorecer, e muito, o desenvolvimento do seu processo de redação. Confira nossa lista e conheça um pouco mais sobre cada obra selecionada.

Tira-teimas Da Língua Portuguesa, J. Milton Gonçalves

Começamos nossa lista com essa divertida obra em forma de dicionário, que, em sua quinta edição, continua na lista dos mais vendidos nas livrarias. O motivo? Trata-se de um livro de referência extremamente prático e com uma didática descontraída. Na verdade, o autor faz uma compilação dos erros mais comuns de grafia e fala da língua portuguesa, questionando, também, o mau uso de palavras da língua inglesa. O livro aborda, em capítulos com títulos curiosos, os problemas mais comuns de escrita, falhas de construção textual e erros gramaticais.

Guia De Escrita – Como Conceber Um Texto Com Clareza, Precisão E Elegância, Steven Pinker

Em sua primeira edição traduzida para o português, o Guia De Escrita propõe ao leitor, redator profissional ou curioso iniciante, através de diversos exercícios e de exemplos analisados pelo autor, o desafio de construir seu próprio conteúdo literário a partir do estudo da Linguística e das Ciências Cognitivas. O sucesso no resultado de enfrentar esse desafio, segundo o autor Steven Pinker, será, tranquilamente, a produção de conteúdos mais claros, elegantes e coerentes.

Gêneros textuais – práticas de leitura escrita e análise linguística,  Adiane Fogali e Vanilda Salton Koche

A obra propõe a leitura, a análise e a escrita de diferentes gêneros textuais por meio de exercícios diversificados, inovando ao apresentar sugestões de atividades voltadas à prática da análise linguística. O mais interessante desta obra, além de seu cunho didático, é que sua versatilidade e simplicidade de construção permite que ela seja utilizada não somente por alunos e professores, público alvo das autoras, mas também por curiosos e profissionais interessados na prática correta do uso da língua portuguesa, em suas produções escritas.

Como Escrever Bem – O Clássico Manual Americano de Escrita Jornalística e de Não Ficção, William Zinsser

De forma simples e direta, o escritor e professor Willian Zinsser indica as melhores soluções para quem quer elaborar um texto correto, criativo e interessante: tudo proporcionado por meio de lições úteis tanto aos que querem aprender a escrever, como aos que buscam apenas aprimorar suas técnicas de escrita. O livro Como Escrever Bem é a principal obra de referência nos Estados Unidos sobre a arte da escrita para jornalistas, autores de não ficção e estudantes. Em sua nova edição brasileira, que já possui 1 milhão de exemplares vendidos, há uma introdução totalmente repaginada e conteúdos inéditos que refletem sobre como a redação vem sendo influenciada e pelo uso, cada vez maior, da internet e das novas tecnologias.

Guia Prático de Redação – Exemplos e Exercícios, Maria Margarida de Andrade

Com este guia, o leitor poderá estudar, discutir as etapas a serem seguidas na elaboração de um texto e analisar cada parte da construção textual, desde a elaboração dos parágrafos, estruturas de frases, uso de vocabulário adequado, até a solução para os erros gramaticais em suas redações. Em sua terceira edição, a obra, publicada originalmente em 2011, privilegia, em sua totalidade, a redação com base no uso da linguagem referencial, muito comum em obras de comunicação escrita, como cartas, relatórios e textos publicitários. É também uma excelente fonte de pesquisa para trabalhos acadêmicos.

Escrever Melhor – Guia Para Passar os Textos a Limpo, Arlete Salvador e Dad Squarisi

Publicado em 2008, Escrever Melhor propõe, em termos gerais, que o leitor possa não apenas escrever melhor, mas identificar e corrigir seus próprios erros através do estudo de exemplos citados no livro. Partindo dessa ideia, os autores mostram, de maneira clara e didática, como pode ser simples e totalmente possível escapar das famosas pegadinhas da língua portuguesa e redigir corretamente, independente do tipo de texto a ser produzido. O livro exemplifica os erros e defeitos mais comuns encontrados em relatórios, documentos, reportagens, dissertações e outros, dando dicas sobre como corrigi-los.

Você, obviamente, encontrará inúmeros outros títulos que abordam técnicas de escrita, redação, ortografia ou gramática. Mas temos certeza de que os 6 livros acima poderão proporcionar bons momentos de aprendizagem por meio de leituras leves, didáticas e atuais. Vale lembrar que, para além das questões sobre a língua portuguesa, as obras também poderão auxiliar no direcionamento e clareza de ideias para que sua produção seja ainda mais eficiente. Gostaria de ver outros livros em nossa lista? Deixe suas sugestões nos comentários!